Buscar

RESIGNAÇÃO

- A resignação perante as circunstâncias.

(GEJ – VIII – 140)

“Diz Raphael: “Claro. O homem, cuja vida depende de Deus, deve reconhecer com gratidão e louvor as determinações e os Seus desígnios, e jamais reclamar e queixar-se. Deus, o Senhor, sabe melhor porque permite certos acontecimentos num corpo cósmico. À criatura compete manter-se paciente e resignada, que tudo ocorre em seu benefício, pela Vontade Divina. Todos os acontecimentos na Terra, na Lua, no Sol e nas estrelas se passam para o Bem exclusivo dos homens. Pois somente neles se baseiam motivo e finalidade de todas as criações, no Espaço Infinito. Pensando e sentindo dentro de tais normas, o homem terá paz em todas as situações da sua vida terrena de emancipação, educação e experiência, e Deus o salvará de toda a miséria, fazendo com que encontre o Caminho da Vida, da Luz e da Vontade totais.”