top of page
Buscar

Revelação dada a 28 de janeiro de 2024




Dos Céus desce uma águia com sete cabeças e cinco chifres.

Observa o mundo e prepara-se para, em voo de caça, atacar a presa, qual cordeiro manso que pastoreia nas terras desertas.

Nem água, nem sol já habitam e só sombra penetra.

Nesse raiar de penumbra clareia a Lua no horizonte.

Os espíritos se soltam e Eu deixo a Terra entregue à agonia.

Os Meus se elevam e na oração calam o clamor da desgraça.

O terror passa-lhes ao lado e o Meu Espírito se multiplica em cada um dos Meus filhos.

E depois das trevas, em três dias de terror, elas desaparecem e vem a esperança de um novo dia, de um novo mundo, mas ainda não é o tempo total.

É o tempo da preparação.

Divide-se o trigo do joio e esmorece aos poucos o mal.

E depois virá novamente privação e dor e, mais uma vez, os Meus em oração confirmam o seu lugar em Mim.

Peneiro o Meu rebanho e o Renovo está prestes a iniciar.

Novos tempos se aproximam.

Amém.


Opmerkingen


bottom of page