Buscar

POLIGAMIA

- Conselhos às Comunidades Cristãs, sobre a poligamia. (GEJ - VIII – 41)

“Digo Eu: Quanto à poligamia, os Meus seguidores devem respeitar a situação existente no começo da Humanidade, onde Deus criou um homem a quem deu uma mulher. (…) Afirmo-vos ser a poligamia um grande malQuem for acometido de tais males, não entrará no reino de Deus. (…) Conquanto a poligamia seja nociva à alma, não vos dou lei contrária, entregando tudo à vontade individual; demonstro a Verdade e um bom conselho … Quem viver somente em companhia de concubinas, sem casar-se, é tão mau ou talvez pior que muitos adúlteros; pois prejudica igualmente a alma das suas companheiras. (…) Quem quiser alcançar rápido e completo renascimento no espírito da sua alma, leve vida casta … a atracção sexual leva o sentido da alma ao exterior, impedindo fortemente o despertar do espírito na alma, sem a qual não se pode cogitar do renascimento. Um bom matrimónio na base da razão, sabedoria e renúncia, não impede o renascimento espiritual.