Buscar

SUSTENTO DE OBREIROS


- A organização de comunidades cristãs. Ligando o ensino sobre o sábado e o sacerdócio judaico, Jesus dá conselhos para a Sua Obra futura.


- Como devem ser sustentados os obreiros cristãos e a forma como os verdadeiros discípulos devem encarar a paga pelo trabalho na divulgação da Sua Doutrina.

(GEJ - VIII – 89, 90)

“Deve haver professores livres e verdadeiros numa comunidade, sem obrigação do próprio sustento … O professor inspirado não necessita de seis dias para preparar-se para o próximo sábado. Pois se falar pelo Espírito de Deus, receberá no coração o que dizer. Isto se dando dentro da Minha Promessa, como acontecia em épocas dos patriarcas e profetas, julgo ser útil ao rabi (mestre) ter ele qualquer ofício e, como exemplo, ganhar o seu sustento … o respeitará (a comunidade) tanto mais quanto tem prova do seu desinteresse pessoal, seu amor e justiça. Outra coisa se dá com os que ora envio ao mundo para pregarem o Evangelho a todos os povos. Estes Meus primeiros missionários não têm oportunidade nem tempo para cuidar do seu sustento. Por isso, disse-lhes: Comei e bebei do que vos ofertarem! E mais: Não vos preocupeis com o dia de amanhã – pois tal atitude seria pagã e ignorante – mas procurai, antes de tudo, disseminar entre os povos o Reino de Deus e a Sua Justiça, com dedicação e zelo, que tudo o resto virá por si. O Pai do Céu sabe das vossas necessidades! Repito: Isto se aplica apenas aos por Mim enviados ao mundo inteiro. Uma vez existindo comunidades efectivas e fundadas em Meu Nome, deve ser respeitada a Minha Opinião anterior. Igualmente não é necessário fixar, de oito em oito dias, um para doutrinação, podendo ser fixado dentro das circunstâncias. A Palavra de Deus pode ser pregada e ouvida em qualquer dia, e certo número de dias entre uma e outra prédica nada representam para Mim e, além disto, as prédicas não melhoram as criaturas. O pastor da comunidade percebendo – pela intuição do Espírito Divino – que um membro se emaranhou num atalho, deve procurá-lo imediatamente para adverti-lo, não esperando para tanto que chegue o sábado. Se o rabi tiver feito uma prédica verdadeira durante o ano e a comunidade agir fielmente dentro do seu teor, dispensa outra doutrinação. (…) Pode a comunidade construir escolas para crianças. (…) Justifica-se igualmente a comunidade edificar uma casa para reuniões em Meu Nome. O direito de falar assiste não somente ao rabi (mestre/pastor), mas a todos os membros masculinos, quando forem inspirados por Mim. Não se deve apenas considerar as Escrituras, os profetas e a Minha Doutrina, mas todos os assuntos concernentes ao conhecimento mais profundo de Deus, a vivificação do amor a Ele e ao próximo. (…) Tereis entendido a Minha Opinião, válida para todos os tempos e eternidades? Em verdade vos digo: Céu e Terra desaparecerão; as Minhas Palavras durarão para sempre! Eis o Meu parecer!”

Rua de Damão, 289 e 297

4465-119 SÃO MAMEDE DE INFESTA - PORTUGAL

email: refugiobetania@gmail.com

 

         Ver Mapa

© 2020 por Refúgio da Betânia.